VI Congresso Internacional de Direito Penal e Criminologia

A cúpula das autoridades mundiais do Direito Penal e da Criminologia presentes em um evento de 3 dias. Jurisfilósofos, professores, escritores e pensadores que apresentam um debate em alto nível e uma inspiração ante as boas-práticas na área.

Confira abaixo uma das inúmeros notícias sobre o evento:

BH RECEBE VI CONGRESSO INTERNACIONAL DE DIREITO PENAL E CRIMINOLOGIA

Evento recebeu especialistas de renome internacional para discutir as ações necessárias para reduzir o índice de criminalidade do país.

A criminalidade no Brasil apresenta índices consideravelmente elevados, sejam para crimes violentos ou não violentos. Segundo dados apresentados no Mapa da Violência 2013 – Mortes Matadas por Armas de Fogo, o Brasil é o 8º país mais violento entre as 100 nações pesquisadas, com uma taxa de 20,4 homicídios para cada 100 mil habitantes. Para discutir o assunto e as possibilidades de redução desses índices a cúpula das autoridades mundiais do Direito Penal e Criminologia estará presente em Belo Horizonte de 2 a 4 de setembro para o VI Congresso Internacional de Direito e Criminologia, considerado o maior da América Latina, que acontece no Minascentro.

O objetivo do encontro é apresentar uma visão contextualizada das estratégias de combate ao crime e de reinserção social do sentenciado. Entre os temas de destaque estão: o fenômeno do crime no início de século; as razões do crescimento do número de pessoas que vivem à margem da lei e das regras de convivência social; o estudo das boas práticas; a ação policial no combate ao crime; a atuação racional e eficaz do Promotor de Justiça em uma sociedade criminógena; dentre outros temas. O Congresso é promovido pelo Instituto de Educação Superior Latinoamericano (IESLA).

A expectativa é que mais de 2.500 pessoas participem do evento, incluindo especialistas de renome internacional, autoridades, magistrados, advogados, técnicos, servidores Públicos em geral e estudantes. A diretora-presidente do IESLA, Sara Bernardes, destaca a importância do evento para o país. “O Brasil foi escolhido justamente pela qualidade do seu público jurista, sempre de vanguarda e interessado nos mais destacados avanços das ciências sociais e jurídicas. Contudo, o país ainda apresenta altos índices de criminalidade e o Congresso será uma importante oportunidade para os profissionais discutirem soluções pontuais e mais efetivas que possam promover a segurança e a qualidade de vida da população”, acredita.

A programação irá reunir 40 palestrantes em 11 painéis e reuniões paralelas, além da palestra magna do político americano e ex-prefeito de Nova Iorque, Rudolph William Louis Giuliani, que debaterá o tema: “Tolerância zero: e depois?”. O político tornou-se famoso justamente por implementar uma política de “tolerância zero” contra criminosos de Nova Iorque (EUA) durante os mandatos de 1993 e 1997, o que diminuiu sensivelmente as taxas de criminalidade na cidade. Outros destaques do evento são as apresentações do psiquiatra italiano e professor de Psicologia Forense da Universidade “La Sapienza” de Roma, Vincenzo Mastronardi, que debaterá o “Panorama Global da Criminalidade e a ação da Justiça”; do doutor em Problemas atuais do Direito Penal pela Universidad Pablo de Olavide e membro do Ministério Público do Estado do Paraná, Paulo César Busato, que abordará o tema “Por um direito penal na medida do indivíduo”; e do diretor da Universidade de Buenos Aires, Ricardo Rabinovich, que irá falar sobre “O que a guerra pode nos ensinar – análise de Hiroshima”. Na ocasião também acontecerá o IV Congresso Mineiro de Direito Penal e Criminologia.

Cenário violento

Entre os estados mais violentos do Brasil estão Alagoas com taxa de 55,3 homicídios para cada 100 mil habitantes, Espírito Santo com 39,4, Pará com 34,6, Bahia com 34,4 e Paraíba com 32,8. Roraima mantém o melhor índice (10,6 por 100 mil), porém, ainda é considerada zona epidêmica de homicídios pela OMS, que atribui o risco a todos os locais que apresentem taxas superiores a 10 assassinatos para cada 100 mil habitantes.

Em Minas Gerais, o índice de criminalidade violenta aumentou 7,8% a cada 100 mil habitantes no comparativo entre 2012 e 2011. No ano passado, foram registradas 71 mil ocorrências, número superior a 2011, quando foram contabilizadas 66 mil. As estatísticas envolvem homicídios tentado e consumado, estupro tentado e consumado, roubo, extorsão, sequestro e cárcere privado. Em relação aos crimes violentos, Belo Horizonte também apresentou um aumento 5,3 em 2012 em comparação com 2011. Levando em consideração os municípios da Região Metropolitana, o crescimento foi de 5,9%.

Sear Jasube Gouveia (Vice-Presidente)

Uma instituição de ensino deve ajudar a nutrir as esperanças do mundo: na solução de desafios que atravessam fronteiras; no desbloqueio e aproveitamento de novos conhecimentos; na construção de entendimento cultural e político, e em ambientes de modelagem que promovam o diálogo e o debate das ideias.

O IESLA acredita que as pessoas fazem o lugar onde vivem.

A partir da crença e valores, que ensejaram a criação do IESLA, “de que melhorando o homem melhoramos a nação”, o IESLA vem oferecendo aos brasileiros, angolanos e outros, acesso a mestrados e doutorados nas melhores universidades da Argentina, Portugal e Estados Unidos, proporcionando uma experiência acadêmica de altíssimo nível, além de um riquíssimo intercambio cultural. Em um formato que permite as pessoas conciliarem sua vida profissional e pessoal com a acadêmica. Atendendo, dessa forma, a carência histórica de mestrados e doutorados ofertados no Brasil, em Angola e outros países.

O IESLA está comprometido em continuar contribuindo com a formação acadêmica e profissional das pessoas; por isso, ampliou seu leque de cursos passando a oferecer cursos à distancia, cursos livres, MBA, além de ter aumentado as opções de mestrados, doutorados e pós-doutorados nas mais variadas áreas do conhecimento.

Visite nossos sites e conheça as novidades!

Nós do IESLA e da ESJUS, acreditamos que as pessoas fazem uma instituição grande, então se você é um estudante em perspectiva, estudante atual, professor, pesquisador, membro da equipe, mãe, pai, filho, amigo, ou visitante, o seu interesse e entusiasmo são muito importantes, valorizados e apreciados.
Estaremos sempre a sua disposição.

Dr. Cilas Rosa (Gestor de Patrimônio)

Atualmente muitos confundem conhecimento com sabedoria, mas são conceitos de significações distintas. Se nos atentarmos, podemos perceber diferenças evidentes.

O conhecimento é informação ou noção adquirida pelo estudo ou pela experiência. Que pode ser adquirido por alguém que nunca tenha saído de dentro do local onde se realiza os estudos.

A pessoa se dedicou a pesquisar algo e acumulou grande conhecimento sobre determinado tema.
Já a sabedoria ou sapiência é o que detém o “sábio” ou “Phronesis” – usado por Aristóteles na obra Ética a Nicômaco para descrever a “sabedoria prática”, ou a habilidade para agir de maneira acertada.

Sabedoria humana seria a capacidade que ajuda o homem a identificar seus erros e os da sociedade e corrigi-los. Para se ser sábio é preciso viver, experimentar, desfiar, avaliar, interagir, respeitar, ver e ouvir aos outros e a própria vida.

Antigamente um povo dominava outro sempre pela via bélica, milhares de soldados armados invadiam territórios e escravizada outros. Hoje a invasão não parou, a vontade de dominar não acabou. O desejo de se colocar na posição de dominante ainda está presente.O que mudou são as armas, não se está invadindo com exércitos e acabando com tudo.

Agora o domínio é exercido por quem detém o conhecimento, quem sabe o que fazer e como fazer, domina e, tem os outros sob o seu controle. Nosso país tem proporções continentais, riquezas naturais imensos, praias maravilhosas. Sim, temos um potencial de crescimento que talvez nenhum outro país do mundo possua. Mas o que acontecerá a tantas riquezas naturais se não tivermos um povo preparado, com conhecimento e sabedoria para fazer esse potencial se transformar em benefício e dividendos econômicos?

O que o IESLA propõe a todos é tanto o conhecimento como a sabedoria. Propiciamos o melhor ambiente para o acúmulo de conhecimento, atrelado a interatividade com pessoas de culturas e de atividades profissionais variadas, impulsionando cada participante dos programas ao passo que faltava em direção ao desenvolvimento.

Conte conosco!

Estamos preparados para oferecer a você o que faltava na sua formação acadêmica e/ou profissional.

Dra. Sara Bernardes (Fundadora e Reitora)

O IESLA – Instituto de Educação Superior Latinoamericano vem construindo uma história de compromisso e excelência na educação brasileira. Pautado em uma visão global vem cumprindo com honradez a responsabilidade social com a educação superior no Brasil, na Argentina, na África, nos Estados Unidos e em outros países da América Central. Por entender que o capital humano é o mais precioso ativo de uma nação, o IESLA tem sido aclamado como referência em toda América Latina no segmento educação superior em nível de mestrados, MBA, Doutorados e Pós-doutorados ministrados na modalidade intensiva.

O Instituto de Educação Superior Latinoamericano, orgulhosamente, investe na melhoria da educação brasileira e global.

O IESLA tem a missão de formar, especializar, qualificar e preparar alunos para o desenvolvimento pessoal e profissional por intermédio de projetos pedagógicos arrojados e de conteúdos atuais com sólida base científica, acadêmica ou executiva e profissional que atendam às exigências do mercado e as expectativas dos candidatos aos programas escolhidos.

O IESLA é uma instituição de ensino comprometida com a excelência educacional em todos os níveis.

A razão de persistirmos é você.

Matricule-se em um de nossos cursos.

Você sabia que mais de 80% dos estudantes optam por fazer a graduação ou a Pós mais perto de casa? Para favorecer sua qualidade de vida, o IESLA se instalou na melhor localização do Vetor Norte (Pampulha). Venha conhecer o local onde você vai passar os próximos anos de sua vida estudando e enriquecendo a sua formação profissional, isso é extremamente importante. Por isso, o IESLA, abre as suas portas para que seus futuros alunos possam conhecer nossa estrutura e iniciar uma nova etapa na educação superior.
Será um prazer receber você!