Projeto de tese de conscientização do suicídio é convertido em Projeto de Lei em Conselheiro Lafaiete

A mestranda em Ciências Criminológico-Forenses, Renata Karla Peres Rodrigues retornou de Buenos Aires (UCES), no início de agosto com aprovação de seu projeto de Mestrado, também premiado e reconhecido pela Câmara Municipal de Conselheiro Lafaiete como relevante trabalho de promoção e valorização da vida, agora convertido em Projeto de Lei.

 

Igualmente incorporado pela Chefia da Polícia Civil de Minas Gerais, referido trabalho atualmente compõe Plano de Ação Institucional sendo estendido gradativamente a todos os municípios mineiros.

 

Pautado no tema “Constatação e Prevenção do Comportamento Suicida” o projeto trata de informar, identificar, encaminhar e prestar assistência ao indivíduo vulnerável ao ato.

 

O suicídio é considerado pela Organização Mundial de Saúde grave problema em virtude do aumento crescente de mortes precoces e da falta de ações eficazes que intervenham na questão e em virtude disso, a pesquisadora buscou parcerias com diversos Institutos Públicos de Saúde, Assistência Social, Educação, Desenvolvimento Econômico, Ministério Público, Judiciário, dentre outros tantos que recepcionaram o trabalho e efetivamente vêm promovendo sua implementação.

 

No mês de setembro foi iniciada a programação do “Setembro Amarelo”, incorporado ao trabalho e que já na primeira semana mobilizou cerca de 3000 participantes no município de Barbacena, 1.800 em São João del Rei e 4.000 em Conselheiro Lafaiete; e a proposta é exatamente essa, sensibilizar o maior número de pessoas, através da informação responsável e da multiplicação de ideias e sentimentos positivos na coletividade.

 

  7

© Copyright 2014 - IESLA Instituto de Educação Superior Latino Americano - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: CYB e Atonbox.