Diretor Acadêmico do IESLA compõe Tribunal de Defesa de Tese Doutoral em Direito na Universidad Católica de Santa Fé.

Aconteceu na sexta-feira, 26 de maio, na Universidad Católica de Santa Fé, na Argentina, a Defesa da Tese de Doutorado do aluno argentino Adrián Alberto Ruiz, defensor público. O tema escolhido pelo mesmo foi RUMO A UM DIREITO PENAL JUVENIL SEM ESTERIÓTIPOS: O esteriótipo de sujeito perigoso é a principal causa de punição arbitrária dos menores de idade. O evento contou com ilustre presença do Dr. Joaquim Miranda, diretor acadêmico do IESLA e da ESJUS, ocupando uma das cadeiras de Membro do Corpo Tribunal de Julgamento da Tese. Junto com ele um juiz criminal estadual e um federal. Após intensa arguição, o doutorando logrou nota 9, e recebeu os calorosos cumprimentos da direção da universidade e do público presente. 

© Copyright 2014 - IESLA Instituto de Educação Superior Latino Americano - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: CYB e Atonbox.